Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

Companhias de cruzeiro

Para Ward (2010), a indústria de cruzeiros é dominada por algumas companhias de cruzeiros como a Carnival Cruise Lines, a Celebrity Cruises, a Costa Cruises, a Cunard Line, a Holland America Line, a MSC Cruises, a NCL (Norwegian Cruise Line), a P&O Cruises, a Princess Cruises, a Royal Caribbean International e a Star Cruises. O autor salienta que a centralização do poder é ainda mais concentrada tendo em conta que das onze companhias referidas anteriormente, oito são controladas por três grandes grupos.
Ward (2010) refere que a Carnival Corporation, com escritório sede em Miami – Florida, é detentora de grandes marcas como a Carnival Cruise Lines, a Costa Cruises, a Cunard Line, a Holland America Line e a Princess Cruises. A Carnival Corporation é detentora ainda de outras marcas como por exemplo a AIDA Cruises, a P&O Cruises e 75% da Iberocruceros, sediada em Espanha.
Quanto à Royal Caribbean Cruise, com escritório sede em Miami – Flórida, possui marcas como a Azamara Cruises…

A indústria dos cruzeiros marítimos: do transporte de passageiros ao cruzeiro como férias

Segundo Cunha (2007), o barco foi durante muito tempo o meio privilegiado, e quase exclusivo, no que concerne ao transporte intercontinental. No entanto, nos últimos tempos, o paradigma de utilização deste meio de transporte tem vindo a alterar-se, sendo hoje em dia utilizado praticamente apenas como produto turístico e não como meio de transporte.
Segundo Edmunds e Lomine (2007), conceptualmente um cruzeiro incorpora três elementos do turismo: acomodação, transporte e entretenimento, tudo combinado num navio.
Dickinson e Vladimir (2008) salientam que o navio já foi utilizado unicamente como meio de transporte, sendo o melhor e muitas vezes o único disponível. Estes autores apresentam uma evolução do navio a vapor enquanto transporte até ao cruzeiro como forma de fazer férias, referindo um momento crucial no que se relaciona com a travessia de passageiros a nível transatlântico, lembrando Samuel Cunard que em 1840 inaugurou uma linha regular de transporte de correio e passageiros entr…

Entrevista a Fernando Santos - Parte VI

O "Porto Cruzeiros" entrevistou Fernando Santos, responsável pelo "infoCruzeiros" e o Autor/Produtor do programa "Cruzeiros" exibido na SIC Notícias e SIC Internacional.

De seguida apresentamos a sexta e última parte da entrevista:

Porto Cruzeiros
- Que sugestão de itinerário nos pode deixar?

Fernando Santos - Mais que itinerários recomendo regiões, porque depois existem itinerários em função das companhias que se escolhem.
As ilhas gregas e o Mediterrâneo oriental, os Fiordes ou as Caraíbas.
Este ano fiz 16 cruzeiros por motivos profissionais e de férias também, e repeti alguns itinerários, navios e portos. Contudo não conheço, gostaria de navegar pelo Alasca, atravessar o Canal do Panamá ou descer ao Chile e Cabo Horne e fazer o Pacífico, enfim são desejos que gostaria de poder um dia cumprir.

Entrevista a Fernando Santos - Parte V

O "Porto Cruzeiros" entrevistou Fernando Santos, responsável pelo "infoCruzeiros" e o Autor/Produtor do programa "Cruzeiros" exibido na SIC Notícias e SIC Internacional.

De seguida apresentamos a quinta parte da entrevista:

Porto Cruzeiros - Pode nos deixar uma sugestão de leitura sobre a temática do turismo de cruzeiros?

Fernando Santos
- Sobre leitura cuja temática sejam os cruzeiros, não posso deixar de recomendar as leituras diárias dos diversos blogues e portais, nomeadamente este Porto Cruzeiros e o infoCruzeiros, sobretudo porque tem um fórum de discussão e onde todos podem participar tirando dúvidas e colocando questões que são sempre esclarecidas por muitos utilizadores do portal.
Despois ao nível da escrita física recomendo a bíblia dos cruzeiros de Douglas Ward – “Cruising&Cruise Ships” mais que um almanaque anual é um livro que apesar de não me surpreender trás sempre informação preciosa, mas existem alguns escritores que sigo a nível inter…

Entrevista a Fernando Santos - Parte IV

Imagem
O "Porto Cruzeiros" entrevistou Fernando Santos, responsável pelo "infoCruzeiros" e o Autor/Produtor do programa "Cruzeiros" exibido na SIC Notícias e SIC Internacional.

De seguida apresentamos a quarta parte da entrevista:

Porto Cruzeiros - Na sua opinião qual é o porto marítimo, que já tenha visitado, que considere um exemplo? Porquê?

Fernando Santos - Não existe um porto ideal, contudo existem portos que me continuam a surpreender. Claro que os portos mais recentes têm normalmente condições melhores. Os maiores e de maior nome não são necessariamente os melhores, quer pela acessibilidade às cidades ou pelas gares marítimas - é o caso de Civitavecchia (Roma).... mas um porto nada atrativo e longe das cidades pode ser muito funcional, é o caso de Port Everglades, em Fort Lauderlade (EUA).
Pessoalmente, gosto de chegar à cidade a pé e de ter boas condições na gare marítima é o caso de Kiel na Alemanha ou Malta.


Em Itália existem excelentes exemplos como s…

Entrevista a Fernando Santos - Parte III

Imagem
O "Porto Cruzeiros" entrevistou Fernando Santos, responsável pelo "infoCruzeiros" e o Autor/Produtor do programa "Cruzeiros" exibido na SIC Notícias e SIC Internacional.

De seguida apresentamos a terceira parte da entrevista:

Porto Cruzeiros - Qual o balanço que faz da primeira edição do programa “Cruzeiros” da SIC Notícias?

Fernando Santos - A primeira temporada do programa Cruzeiros foi em primeiro lugar um sonho que se tornou realidade. Pudemos mostrar Estórias e vivencias a bordo de navios de cruzeiros, bem como os próprios navios em si, se bem que o mais importante foi desmistificar alguns mitos e preconceitos que muitos dos telespetadores podiam eventualmente ter.
Para muitos outros, sobretudo aqueles que tinha já pelo menos feito um cruzeiro foi o de reviver imagens bonitas de cruzeiros. Viajámos por 3 continentes em busca das melhores imagens e estórias.


Fizemos em pouco tempo 12 cruzeiros, estivemos em muitos portos e muitas dessas vezes nem saím…

Entrevista a Fernando Santos - Parte II

O "Porto Cruzeiros" entrevistou Fernando Santos, responsável pelo "infoCruzeiros" e o Autor/Produtor do programa "Cruzeiros" exibido na SIC Notícias e SIC Internacional.

De seguida apresentamos a segunda parte da entrevista:

Porto Cruzeiros - Qual a sua perspetiva sobre o posicionamento do Porto de Leixões no mercado da indústria de cruzeiros, tendo em conta a construção do seu novo terminal de cruzeiros?

Fernando Santos - O Porto de Leixões é a porta de entrada quase obrigatória para os navios que cruzam a Europa Atlântica de norte para sul e o seu inverso. Os posicionamentos de navios norte/sul podem parar em Leixões. A sua proximidade ao Porto (cidade), à região do Douro, às Quintas onde se produz o Vinho do Porto, a cidades fantásticas como Viana do Castelo, Braga, etc e suas culturas, são razões mais do que suficientes para que os armadores comecem a “parar” mais em Leixões. A gastronomia e a enologia, parecem-me que são vantagens que Leixões pode prop…